segunda-feira, 3 de janeiro de 2011


Anjo
Teus olhinhos seguem minha sombra
E seguem também meus largos passos,
São duas borboletas coloridas piscantes
Que alegram minhas manhãs frias.

São pedrinhas coloridas de azul do céu,
Sem nuvens carregadas, sem chuva a granel.
Apenas brilham como o sol no firmamento
Para ensolarar minh'alma descolorida.

És assim, sempre fiel,
Nesse mundo demasiado cruel!
Guilherme Zapata

5 comentários:

  1. Para ensolarar minh'alma descolorida!
    ***

    Que lindo, Gui. Que lindo!

    Ahhhh, v22!

    ResponderExcluir
  2. Aaahhh, é presente pra vc!!! *--*

    v22!!!!...huhau xD

    ResponderExcluir
  3. Ai ai q eu fico toda boba com um presente desses! *---------*

    ResponderExcluir